Notícias
 
Contagem de tempo para aposentadoria pode chegar por carta
Segurado do INSS com mais de 45 anos de idade pode preencher a partir desta segunda formulário para receber correspondência com dados sobre tempo de contribuição
07/07/2013


Rio - Trabalhadores com carteira assinada e contribuintes individuais vão receber em casa carta do INSS com simulação da contagem de tempo de serviço. A partir de amanhã segurados da Previdência Social já podem ir a uma das 18 agências da Gerência Executiva Centro e preencher o formulário com o pedido do serviço. A expectativa é de que sejam enviadas 1,5 mil correspondências pelos Correios, a cada mês, com os dados.

O projeto piloto que será implementado no Rio beneficiará quem tem mais de 45 anos de idade e quer acompanhar o histórico de contribuições. O gerente-executivo Flávio Souza informou que os formulários ficarão disponíveis no setor de triagem de cada agência da Previdência. O segurado terá que encaminhar cópia da identidade e do comprovante de residência. “Não é preciso agendar para entregar o formulário. Basta chegar na agência e retirar o documento e preencher”, orienta.

O INSS expedirá a correspondência que deve chegar à casa do trabalhador de duas a três semanas. O serviço não incluirá o tempo especial de atividades insalubres.“Quem não receber a carta nesse prazo deve procurar a mesma agência em que deu entrada no formulário. Mas se os dados estiverem preenchidos corretamente, não haverá problemas”, acredita Souza.

Além da simulação, o documento conterá informações sobre como o segurado deve proceder se estiver faltando dados no sistema da Previdência. O instituto ensinará o acompanhamento das contribuições pelo www.previdencia.gov.br . “Um manual para fazer o cálculo na internet seguirá juntamente com a simulação. Vamos mostrar como cadastrar senha para acompanhar. Mas é preciso agendar o serviço pela Central 135 para tirar essa senha”, diz o gerente.

A proposta do envio da carta no Rio começou a ser desenvolvida há duas semanas. Surgiu de observações de técnicos da gerência sobre os pedidos de informações feitos por segurados. De acordo com o gerente-executivo, do total de agendamentos para concessão de aposentadorias nas agências, mais de 40%, na verdade, são de solicitações para simular o tempo de contribuição.

Durante o mutirão promovido nos dias 27 e 28 de junho na Central do Brasil, os servidores do INSS tiveram mais uma constatação de que boa parte dos segurados confunde o tipo de serviço. Do total de 1.400 atendimentos feitos nos dois dias, 180 eram para fazer contagem de tempo. “Cadastramos esses 180 segurados e vamos enviar as cartas. Eles serão os primeiros a receber a simulação”, avisa.

Objetivo é abrir mais vagas para desafogar atendimento

A retirada da demanda por simulações das agências do INSS abrirá novas vagas na agenda de atendimento. Segundo Flávio Souza, é muito comum o segurado marcar o serviço de concessão de aposentadoria e ir ao posto, na verdade, para tirar dúvida, fazer simulação ou pedir informação. Assim, a vaga que seria usada por quem realmente quer dar entrada no benefício acaba perdida.

A cozinheira Maria Célia da Costa, de 54 anos, é um dos 180 segurados que irão receber as primeiras cartas com a simulação. Ela preencheu o formulário no mutirão da Central do Brasil, quando foi pedir informações.
“Trabalho com carteira assinada desde os 18 anos. E quero saber se já dá para me aposentar”, disse.

O projeto piloto da Gerência Executiva Centro complementa a iniciativa da Previdência que já envia cartas a segurados urbanos de todo o país que completam as condições para se aposentar por idade. A correspondência avisa que eles podem requerer o benefício a partir da data do aniversário.

Recebem o documento homens que completam 65 anos de idade e mulheres que chegam a 60 anos. É preciso ter 180 contribuições. Na carta do INSS constam, além do nome e do Número de Inscrição do Trabalhador (NIT), a data de nascimento, sexo, informação sobre a quantidade de recolhimentos e estimativa do valor do benefício. Vai também código de segurança para confirmar a autenticidade da correspondência.

 
Veja também
 
 
Canal WhatsApp
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
STIMEPA - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. do Forte, 77 - Cristo Redentor - CEP 91.360-000;
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS.
 
Omega Tecnologia