Notícias
 
Aposentados vão ter reajuste maior em 2014
O aumento com ganho real para os cerca de nove milhões de aposentados que ganham acima do piso é a principal reivindicação das centrais sindicais
02/02/2013


A promessa é do governo federal: os aposentados e pensionistas que recebem mais que um salário mínimo vão ter os benefícios ajustados acima da inflação a partir do ano que vem. O aumento real — acima da inflação — de 6,2% é a programação do governo, segundo declarações do ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves Filho, durante programa institucional do governo chamado “Bom dia, ministro”. O anúncio foi comemorado pelo Sindicato dos Aposentados do Estado como uma vitória de uma luta de anos. “É uma reivindicação antiga da categoria, que já está em Brasília. Todas as centrais sindicais dos aposentados têm essa bandeira ”, afirmou. Ele acrescentou que há Até uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) que questiona a existência de dois aumentos diferentes, para quem ganha o salário mínimo e para quem ganha mais do que isso.

O aumento com ganho real para os cerca de nove milhões de aposentados que ganham acima do piso é a principal reivindicação das entidades. Neste ano, o aumento dos aposentados foi de 6,2%, igual à inflação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). “A situação econômica não permitiu um aumento melhor neste ano, mas o governo está trabalhando e a economia está crescendo como o esperado. Para o próximo ano, acredito que isto possa ser uma realidade”, disse o ministro.

Para a advogada especialista em Direito Previdenciário, Melissa Folmann, a medida é justa. “Existe uma diferença entre a inflação que o governo anuncia e a inflação que o aposentado encontra na prateleira do supermercado. Essa diferença tem provocado perdas enormes e injustas para os aposentados”, contou a especialista. Para ela, a Previdência tem condições financeiras de repor as perdas salariais dos aposentados.“A Previdência é superavitária, ou seja, dá lucro. A discussão sobre o déficit passa por algumas anistias que o governo federal concedeu para grandes devedores, mas de modo, geral existe dinheiro para o aumento”, disse.

 

 

Por: Jornal A Tribuna

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia