Notícias
 
Eleições na Venezuela
Líder bolivariano é reeleito com 54,42% dos votos e ganha na maioria dos estados venezuelanos
08/10/2012


Líder bolivariano é reeleito com 54,42% dos votos e ganha na maioria dos estados venezuelanos


Com 54,42% dos votos, o presidente Hugo Chávez Frías foi reeleito na Venezuela e governará o país no período de 2013 a 2019. Há 14 anos no poder, este será o seu quarto mandato. O candidato da oposição, Henrique Capriles, obteve 44,97% e ganhou em apenas quatro dos 24 estados que compõem a Venezuela. Em uma verdadeira festa cívica, 81% dos venezuelanos compareceram às urnas, mesmo o voto não sendo obrigatório no país.

Diante de dezenas de milhares de manifestantes que tomaram a frente e as imediações do Palácio de Miraflores na noite de ontem, 7 de outubro, o presidente Hugo Chávez agradeceu aos mais de oito milhões de venezuelanos que lhe garantiram um novo mandato. Acompanhado pela família e por lideranças no balcão presidencial, o líder bolivariano agradeceu à multidão e ressaltou que o povo "votou pela revolução, pelo socialismo e pela grandeza da Venezuela”.

Independência e integração

Chávez fez questão de ressaltar que o primeiro e principal objetivo de seu novo mandato já foi alcançado, que é conservar a independência nacional. Para ele, a expressiva vitória nas urnas demonstra que “não haverá força imperialista, por mais forte que seja, que possa com o povo bolivariano. A Venezuela nunca mais voltará ao neoliberalismo, seguirá transitando para o socialismo bolivariano do século 21". E reiterou que “hoje ganhou a América Latina”. Imediatamente, milhares de vozes entoaram o grito “alerta, alerta que caminha a espada de Bolívar pela América Latina”, fazendo tremular bandeiras do Brasil, Cuba e Argentina, entre outras, num colorido que expressava o espírito da integração solidária do continente.

Cordialidade

Apesar da expectativa de que o candidato da oposição pudesse não reconhecer o resultado revelado pelas urnas, Capriles admitiu sua derrota e agradeceu aos mais de seis milhões de venezuelanos que votaram nele. Também pediu que Chávez trabalhe por todos os venezuelanos e parabenizou o comandante por sua vitória. “O que o povo diz está dado e respeito sua palavra”. Por sua vez, o presidente também fez um “reconhecimento especial à oposição, que não fez planos desestabilizadores. Assim que se joga na democracia”, exclamou.

Cumprimentos presidenciais

Em telefonema feito hoje, a presidente Dilma Rousseff cumprimentou o colega Hugo Chávez pela vitória nas eleições presidenciais na Venezuela, ressaltando o processo democrático exemplar que o país mostrou ao mundo, marcado por eleições tranquilas e alto nível de comparecimento às urnas. Dilma colocou o Brasil à disposição de Chávez para colaborar para a construção de “uma América do Sul mais justa e igualitária mediante o fortalecimento dos mecanismos bilaterais e dos grupos de integração”. A reeleição de Chávez foi celebrada por vários líderes da América do Sul e Cuba.

A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, falou com o presidente venezuelano, Hugo Chávez, para felicitar-lhe por uma vitória que a governante considera de toda "América do Sul e do Caribe". "Acabo de falar com o Presidente Chávez, muita emoção", anunciou Cristina em sua conta do Twitter imediatamente depois que foi anunciado de forma oficial em Caracas a vitória de Chávez nas eleições realizadas neste domingo.

Hugo, sempre contas as palavras do Bolívar solitário do exílio, quando dizia: "Sinto que arei no mar (...) Hugo, hoje quero dizer-te que araste na terra, a semeaste, a regaste e hoje levantaste a colheita", acrescentou Cristina.

A felicitar o presidente Chávez, o seu contraparte do Equador, Rafael Correa, sublinhou que a vitória foi grande, com "quase 10 ponto de diferença". "Viva a Venezuela, viva a Pátria Grande, viva a Revolução Bolivariana", completou Correa em sua conta no Twitter.

Os presidentes de Cuba, Bolívia e Argentina, assim como o deposto líder de Honduras Manuel Zelaya, aliados do governante venezuelano, Hugo Chávez, também apressaram-se a felicitá-lo por sua terceira reeleição.

"Em nome do governo e do povo de Cuba, felicito-lhe por este histórico triunfo, que demonstra a força da Revolução Bolivariana e seu inquestionável respaldo popular. Sua decisiva vitória assegura a continuidade da luta pela genuína integração de Nossa América. Reitero-lhe nossa solidariedade e apoio inquebrantáveis, disse Castro, segundo a portal cubasi.com.

O boliviano Evo Morales assegurou em declarações à Abi, a agência oficial de notícias de seu país: "o triunfo do presidente Chávez é o triunfo da democracia". "Não somente é o triunfo do povo da Venezuela, mas também o triunfo dos países da Alba e da América Latina", assinalou o presidente boliviano em La Paz. "A vitória de Chávez é também a vitória dos povos da América Latina que lutam com sua dignidade, soberania e destino próprios", acrescentou Morales.

O ex-presidente hondurenho Manuel Zelaya disse que "mais uma vez o povo da Venezuela ratifica sua vocação democrática e o rumo socialista da revolução bolivariana, ao outorgar de forma transparente um voto de confiança e uma vitória contundente ao comandante Hugo Chávez".

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia