Notícias
 
Produção industrial avança em 7 de 14 locais em junho, diz IBGE
Foram observadas fortes quedas nas indústrias do Paraná (-7,5%) e do Rio Grande do Sul (-7%)
07/08/2012


A produção industrial cresceu em junho ante maio em sete dos 14 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), descontados os efeitos sazonais, de acordo com a Pesquisa Industrial Mensal Produção Física - Regional, divulgada nesta terça-feira.

Na série com ajustes sazonais, o Estado do Amazonas registrou o melhor desempenho, com alta de 5,2% em junho na comparação com maio, seguido por Espírito Santo, com crescimento de 2,3%, e Pernambuco, com avanço de 2,2%, no mesmo período. Por outro lado, o Estado de Goiás teve o pior desempenho, com baixa de 6% na passagem de maio para junho, já descontados os efeitos sazonais. Na mesma base de comparação, quedas representativas também ocorreram nas produções de Rio de Janeiro, com baixa de 4,3%, e Pará, com recuou de 4,2%. Em São Paulo, a produção subiu 1% em junho sobre maio. Com o resultado, a indústria nacional subiu 0,2% entre maio e junho.

Retração em um ano

A produção industrial registrou queda generalizada entre as regiões brasileiras em junho, no confronto com o mesmo mês em 2011. Nessa base de comparação, 13 dos 14 locais averiguados pela PIM-PF Regional apresentaram queda. De acordo com o IBGE, a indústria de São Paulo recuou 7,2% em junho ante igual mês do ano passado. Nessa base de comparação, o pior resultado apurado pelo IBGE ocorreu no Rio de Janeiro, onde a produção industrial caiu 8,6%, seguido por Espírito Santo, com baixa de 8,5%. Ainda na comparação interanual, fortes quedas também foram observadas nas indústrias do Paraná (-7,5%) e do Rio Grande do Sul (-7%). No confronto entre junho deste ano com igual mês de 2011, apenas a indústria do Pará registrou avanço na produção industrial, de 0,9%, enquanto a indústria geral caiu 5,5%.

Longa retração em São Paulo

A queda de 7,2% da produção industrial de São Paulo observada em junho, na comparação com o mesmo período do ano passado, é a décima taxa negativa consecutiva neste tipo de confronto e a mais intensa desde setembro de 2009 (-7,8%). Na comparação com igual período do ano anterior, o total da indústria de São Paulo mostrou resultados negativos no fechamento do segundo trimestre do ano (-6,2%) e no índice acumulado do primeiro semestre (-5,9%). Na taxa anualizada, indicador acumulado nos últimos doze meses, a produção industrial paulista apontou queda de 3,6% em junho de 2012 e manteve a trajetória descendente iniciada em novembro de 2010 (11,6%). O IBGE também observou que a atividade do setor no Estado cai há cinco trimestres consecutivos. Na série com ajuste sazonal, na comparação trimestre contra trimestre imediatamente anterior, a produção industrial paulista, ao recuar 1,7% no segundo trimestre de 2012, registrou a quinta taxa negativa consecutiva neste tipo de confronto, acumulando nesse período perda de 7,5%, informou o IBGE. Ao analisar a produção industrial paulista por setores, o IBGE observou que a atividade recuou em 14 das 20 atividades investigadas, na comparação entre junho com o mesmo período do ano passado.

Nesse tipo de confronto, os principais impactos negativos sobre o total da indústria paulista ficaram com as atividades de veículos automotores (-16,1%), alimentos (-19,6%) e material eletrônico, aparelhos e equipamentos de comunicações (-47,5%), influenciados, em grande parte, pela menor fabricação dos itens: caminhões e caminhão-trator para reboques e semirreboques; açúcar cristal; e telefones celulares, aparelhos de comutação para telefonia e transmissores ou receptores de telefonia celular, respectivamente.

 

Fonte: http://www.cnmcut.org.br/verCont.asp?id=32042

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde/Clínico Geral - Ramal 9024
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Lazer
Serviços
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia