Notícias
 
Sindicalistas querem debater novo acordo de livre comércio Brasil- Chile
Movimento sindical brasileiro quer o fim do regime de urgência da votação, o retorno do funcionamento da Comissão de Relações Exteriores e um debate amplo sobre o acordo
17/02/2021




Movimento sindical brasileiro critica, por meio de nota, a falta de transparência, diálogo e debate nas negociações de um novo acordo de livre comércio entre os governos de Brasil e Chile, que vêm avançando há dois anos sem qualquer debate público com as lideranças políticas, sociedade civil organizada ou o povo brasileiro.

“A falta de transparência durante as negociações do acordo, de diálogo social e do tripartismo são de extrema preocupação para as centrais sindicais e a sociedade brasileira, pois assim como em qualquer tratado de livre-comércio, o acordo Brasil-Chile trará impactos negativos para os diversos setores da economia e da sociedade brasileira”, diz trecho da nota.

A nota critica a “falta de estudos de custo-benefício, mecanismos vinculantes e ausência de qualquer discussão com os trabalhadores e setores da sociedade impactados”.

A nota cita, ainda, questões como comércio eletrônico, direitos laborais e pequenas e médias empresas que podem prejudicar o Brasil, colocar em risco a privacidade dos usuários da internet, os direitos dos trabalhadores, o potencial da indústria nacional no e-commerce e a competitividade de pequenas e médias empresas locais.

Os sindicalistas encerram a nota apelando para o acordo não ser votado em regime de urgência e afirmando que “para assegurar a legitimidade do processo, é necessário aguardar o retorno do funcionamento da Comissão de Relações Exteriores e estabelecer um debate sobre o acordo com amplos setores da sociedade, incluindo o movimento sindical, utilizando espaços como das audiências públicas, para expor e discutir os impactos para o país”.

Confira a íntegra da nota.

 

Fonte: CUT Brasil

 
Veja também
 
 
 
 
 
 
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Saúde
  Catálogo de Convênios e Parcerias
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
STIMEPA - Sindicato dos Metalurgicos da Grande Porto Alegre
Av. do Forte, 77 - Cristo Redentor - CEP 91.360-000;
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS.
De segunda à sexta, das 8h às 17h.
 
Omega Tecnologia