Notícias
 
Empresas deverão de informar mensalmente ao trabalhador o valor da contribuição ao INSS
Este acompanhamento ajudará a evitar fraudes
02/08/2012


A lei 12.692, sancionada pela presidente Dilma Rousseff e publicada no "Diário Oficial" da União no último dia 25, assegura que as empresas serão obrigadas a informar aos trabalhadores os valores recolhidos ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) sobre o total de sua remuneração.

A nova lei ainda obriga o Instituto a enviar aos segurados ou à empresa o extrato com o histórico do recolhimento das contribuições previdenciárias, sempre que for solicitado. Porém, o documento que terá essa informação, ainda será regulamentado pelo governo.

Atualmente, o contracheque mostra o desconto referente à contribuição previdenciária, e não aquele que o empregador efetivamente recolheu. Portanto, não há como o trabalhador detectar se houve sonegação no recolhimento.

A medida é uma alteração na Lei Orgânica da Seguridade Social (Lei 8.212/91) para incluir a obrigatoriedade desta informação, que para o secretário de Políticas de Previdência Social, Leonardo Rolim, beneficia o trabalhador.

“Este acompanhamento ajudará a evitar fraudes. Não é raro trabalhadores descobrirem no pedido da aposentadoria que a empresa não fez o recolhimento”, afirmou.

Com isso, o trabalhador terá a possibilidade de resolver todas as pendências antes da aposentadoria. Basta fazer uma reclamação em um posto do INSS, “é obrigação do órgão, e não do trabalhador, cobrar o recolhimento do empregador”, destacou Rolim.

Os trabalhadores já podem receber em casa, mediante solicitação à Caixa Econômica Federal, o extrato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O documento também pode ser obtido nos caixas eletrônicos, desde que se tenha o cartão do cidadão.

Já é possível consultar o extrato no nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal pelos clientes dos bancos. Também é possível solicitar as informações nos sindicatos ou no site da Previdência (www.previdencia.gov.br).

Para isso, no entanto, é preciso ter uma senha, que deve ser retirada em uma agência do INSS mediante agendamento prévio feito por meio do site ou da central 135.

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia