Notícias
 
15º CECUT-RS: Congresso Lula Livre e Inocente elege Amarildo Cenci para novo presidente da CUT-RS
CUT vai continuar cumprindo o seu papel
25/11/2019




 A chapa de unidade, liderada pelo novo presidente da CUT-RS, professor Amarildo Cenci, foi eleita por unanimidade na tarde deste sábado (23), durante o 15º Congresso Estadual da CUT do Rio Grande do Sul (15º CECUT-RS: Congresso Lula Livre e Inocente – Emprego, Direitos, Soberania e Democracia, no Salão Cibai – Migrações, ao lado da igreja da Pompeia, em Porto Alegre. O evento teve a participação de 241 delegados e delegadas do campo e da cidade, dos setores público e privado, além de observadores e convidados.

Amarildo, que é também diretor do Sindicato dos Professores do Ensino Privado (Sinpro-RS), assume o cargo que foi exercido nos últimos sete anos pelo metalúrgico Claudir Nespolo, que é o novo secretário de Organização e Política Sindical da CUT-RS.

O presidente do Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região, Everton Gimenis, foi eleito vice-presidente da CUT-RS. A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública Municipal de Gravataí (SPMG), Vitalina Gonçalves, que exerceu dois mandatos como secretária de Administração e Finanças, é a nova secretária-geral da entidade.

O sapateiro Antônio Güntzel, que era o secretário de Relações de Trabalho, é o novo secretário de Administração e Finanças da CUT-RS.

Chapa de unidade

Ao transferir o cargo, Nespolo destacou que a chapa da nova direção foi montada por consenso e que “Amarildo pega a CUT com um timaço e uma plataforma extraordinária de ação atualizada”.

Para ele, “a CUT vai continuar cumprindo o seu papel, junto com as outras centrais, junto com os partidos, no pior momento da conjuntura, mas logo ali na frente vai recolocar as coisas no lugar, pois essa é a luta da classe trabalhadora”.

Ultraneoliberais vieram para acabar com nossos direitos

Ao tomar posse, Amarildo resgatou a sua trajetória, destacando a FeteeSul, a federação que representa os trabalhadores da escola privada, e anunciou compromissos. “Nós temos o desafio de implantar as resoluções do congresso. Vamos fazer de tudo e contamos com todos para que elas se realizem”, disse.

Ele falou também em fazer uma “gestão horizontalizada, que priorize as entidades de base, o fortalecimento das regionais e o debate aberto com as federações e com as entidades que têm boas experiências de gestão, de práticas de organização por local de trabalho e de luta para oferecer e compartilhar”.

Para Amarildo, “vivemos um momento desafiador. A conjuntura exige de nós sermos militantes dispostos e convictos do nosso projeto, mas abertos e lutadores para conquistar uma parte da sociedade brasileira que ainda não entendeu que estes ultraneoliberais vieram para destruir a nossa vida, vender o nosso país e acabar com os nossos direitos”, alertou.

Lutar pela inocência de Lula

O novo presidente da CUT-RS defendeu “um país soberano, livre, não privatizado e uma sociedade com direitos, democrática e livre no seu pensar, no seu agir e coletivamente solidária”. Ele apontou anda que é preciso “ganhar novos sindicatos e trazer o CPERS de volta” e ressaltou que “Lula está aí para nos ajudar, não só livre, mas temos que lutar pela sua inocência”.

“Assumimos a direção da CUT no momento mais difícil da história do Brasil, sobretudo para a classe trabalhadora. A resistência se faz necessária, apontando caminhos para encerrar esse ciclo que atravessamos”, destacou a nova secretária-geral da CUT-RS, Vitalina Gonçalves.

Derrotar governo Leite que segue política de Bolsonaro

Gimenis, o novo vice-presidente da CUT-RS, já foi secretário de Administração e Finanças e secretário de Organização e Política Sindical entre 2003 e 2009. “Volto num momento histórico importantíssimo para a classe trabalhadora. Temos que enfrentar um governo que quer destruir o movimento sindical e exterminar os nossos direitos trabalhistas. Ele ataca não só os trabalhadores, mas também os serviços públicos e as empresas públicas com as privatizações. Temos o desafio de derrotar o governo Leite que segue a mesma política do governo Bolsonaro."

“São muitos desafios, pois o momento que estamos vivendo no Brasil é muito difícil para a classe trabalhadora. Vejo que é momento de união de todos os segmentos para podermos barrar os retrocessos dos desgovernos Bolsonaro, Leite e Marchezan. As mulheres são as mais prejudicadas com esses processos ultraneoliberais”, destacou a nova secretária da Mulher Trabalhadora da CUT-RS, Ana Lúcia Pereira Flôres Cruz.

Enfrentar o monstro do fascismo

Paulo de Farias passou a Secretaria de Meio Ambiente para a servidora federal e diretora do Sindserf-RS, Eleandra Koch, e assumiu a Secretaria de Relações de Trabalho. “Temos que cada vez mais interiorizar a CUT para enfrentar o monstro do fascismo instalado no governo Bolsonaro”, destacou.

Combater o Plano Mais Brasil e a MP 905

O diretor reeleito da CUT-RS, Marcelo Carlini, avaliou que “o 15º CECUT-RS demonstrou a vitalidade da nossa Central e a vontade dos delegados em combater o Plano Mais Brasil e a MP 905 de Bolsonaro e Guedes”. Para ele, o “nosso congresso reafirmou a resolução aprovada no 13º CONCUT, na Praia Grande, de que é necessário pormos fim, o quanto antes, nesse governo antipovo e nessas instituições golpistas”.

O segundo e último dia do 15º CECUT-RS,começou com a exibição de um vídeo com mais de 200 imagens que marcaram a gestão 2005-2019 e teve debates e aprovação de resoluções de conjuntura estadual e plano de lutas. Também houve animação do bloco "Ai, que saudades do meu ex", que fez muito sucesso no desfile do carnaval deste ano na capital gaúcha. O encerramento do congresso ocorreu no meio da tarde deste sábado.

Confira a nova executiva da CUT-RS!

Presidente
Amarildo Cenci

Vice-presidente
Everton Gimenis

Secretária-geral
Vitalina Gonçalves

Secretário de Administração e Finanças
Antonio Güntzel

Secretária de Formação
Maria Helena de Oliveira

Secretário de Comunicação
Ademir Wiederkehr

Secretário de Organização e Política Sindical
Claudir Antonio Nespolo

Secretária de Combate ao Racismo
Isis Garcia Marques

Secretária da Mulher Trabalhadora
Ana Lúcia Pereira Flôres Cruz

Secretário de Relações de Trabalho
Paulo de Farias

Secretário de Políticas Sociais
Reginaldo Silveira Rodrigues

Secretária de Juventude
Gabriela Mello Kuball

Secretária de Meio Ambiente
Eleandra da Silva Koch

Secretário de Saúde do Trabalhador
Alfredo Gonçalves

Diretores executivos
Cleonice Back
Doris Nogueira
Elton de Oliveira Lima
Silvana Pirolli

Fonte: CUT RS

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia