Notícias
 
FGTS: distribuição dos lucros é presente ou mais uma tapeação?
Maioria dos trabalhadores não vai receber nem R$ 10,00 a mais por ano e ainda vai ter dificuldade de dar uma entrada no imóvel com dinheiro do FGTS, o que ajuda a reduzir o valor das prestações
21/08/2019




 O governo de Jair Bolsonaro (PSL) costuma anunciar medidas que são reproduzidas pela mídia tradicional como se fossem ótimas notícias para a classe trabalhadora, mas são, na verdade, soluções pífias para encobrir o desmonte de uma área essencial, como a da habitação.

É o caso da distribuição de 100% dos lucros do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) do ano passado para os trabalhadores e trabalhadoras que têm contas individuais no fundo. É nessas contas que os patrões depositam todos os meses um valor correspondente a 8% do salário-base do trabalhador. Quando é demitido, o trabalhador recebe o saldo total da conta e ainda uma multa de 40% sobre o valor, paga pela empresa.

O trabalhador terá 1,7 ponto percentual a mais na correção do saldo, mas, em compensação, o governo está paralisando o programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) e acabando com a política de descontos do FGTS que dá aos trabalhadores de baixa renda a possibilidade de comprar a casa própria ao ajudar o mutuário a dar uma entrada no seu imóvel e, com isso, reduzir o valor das prestações.

Qual o ganho para o trabalhador

Desde 2017, o fundo repassava 50% dos lucros do ano anterior ao cotista e os outros 50% eram destinados a programas habitacionais, uma destinação social dos recursos do FGTS defendida pela CUT.

A partir deste ano, 100% dos lucros irão para os trabalhadores. Parece uma boa notícia, mas basta fazer o cálculo de quanto vai entrar na conta do trabalhador para todos perceberem que é um valor muito pequeno, que não compensa o desmonte da política habitacional.

Para calcular o ganho a mais que você terá com a nova política em troca do fim dos programas habitacionais, basta multiplicar o saldo total que você tem na sua conta individual do FGTS pelo fator de distribuição dos lucros, que é de 0,03088456.

– 1,67% das contas do FGTS têm saldo médio de R$ 171,47 e 2,16% das têm saldo médio de R$ 2.143,98.

. Vamos usar esses dois valores como base para mostrar o quanto o trabalhador receberá a mais com os 100% do lucro em relação ao passado recente quando recebia 50%.

ANTES 50% HOJE 100%

171,47 X 0,01544228 = 2,65 171,47 X 0,03088456 = 5,30

Diferença a mais que o trabalhador vai receber é de, em média, R$ 2,65.

2.143,98 x 0,01544228 = 33,11 2.143,98 X 0,03088456 = R$ 66,22.

Diferença a mais será de R$ 33,11.

Entenda a medida

O governo enviou para o Congresso a Medida Provisória (MP) 889 que aumentou a rentabilidade do fundo, determinando a transferência de todo o lucro do exercício anterior aos cotistas. Nesta segunda-feira (19), o Conselho Curador do FGTS ratificou a MP.

Até 31 de agosto, serão repassados R$ 12,2 bilhões do lucro de 2018, distribuídos proporcionalmente conforme o saldo de cada conta. O Conselho Curador também aprovou os Relatórios de Gestão do FGTS e do Fundo de Investimento FI-FGTS. Os documentos serão divulgados no site do FGTS assim que o Diário Oficial da União publicar a resolução.

Fonte: CUT- Brasil

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia