Notícias
 
Metalúrgicos iniciam negociações para acordo nacional no setor siderúrgico
.
13/02/2019


Dirigentes da CNM/CUT e da CNTM-Força Sindical se reuniram com representantes do Instituto do Aço Brasil para debaterem


 Nesta terça-feira (12), sindicalistas da Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) e da CNTM-Força Sindical se reuniram com dirigentes do Instituto do Aço Brasil, entidade representativa das empresas brasileiras, para debaterem acordo de saúde e segurança do trabalhador nas empresas siderúrgicas. Ficou firmado entre as partes um calendário de reuniões para discutir o acordo. O encontro aconteceu na sede do Instituto, no Rio de Janeiro.

Representando a CNM/CUT estiveram presentes o presidente e o secretário geral, Paulo Cayres e Loricardo de Oliveira, respectivamente. Pela CNTM, a vice-presidente, Mônica Veloso. Pelo Instituto Aço Brasil participaram o presidente executivo, Marco Polo de Mello Lopes, a diretora de Relações Institucionais, Débora Oliveira e o gerente de Relações de Trabalho e Assuntos Legislativos, Mario Sergio Lopes.

“É preocupante a quantidade de acidentes e mortes que vem acontecendo nas empresas siderúrgicas do Brasil. Este cenário só piorou com a terceirização indiscriminada e a reforma trabalhista que destrói direitos básicos da classe trabalhadora”, afirmou Cayres. “Se o protocolo for firmado, diretrizes e condições de saúde e segurança no local de trabalho terão que ser cumpridas pelas empresas. Além disso, os Sindicatos locais precisam estabelecer Acordos Coletivos de Trabalho que reforcem as normas e direitos estabelecidos”, concluiu.

De acordo com o secretário geral da CNM/CUT, as propostas do protocolo também têm o objetivo de fortalecer a organização no local de trabalho. “Uma das propostas é que fica assegurada a implantação de organização dos trabalhadores no chão de fábrica”, contou. “O trabalho de rede sindical foi fundamental para pressionar as empresas em suas bases. As ideias apresentadas para o Instituto do Aço foi deliberada através das reuniões de redes da Gerdau e ArcelorMittal”, concluiu Oliveira que também é coordenador do Comitê Mundial da Gerdau.

Já o presidente executivo do Instituto Aço Brasil falou sobre o processo de coalizão da indústria do aço para aumentar a competitividade e desenvolvimento. “O Instituto, que integra a coalizão empresarial ao lado de mais nove entidades, tem uma agenda de prioridades para a retomada dos investimentos na indústria nacional e para o fomento às exportações”, contou.

Em sua intervenção, presidente da CNM/CUT também destacou o Plano Indústria 10+, que traz um conjunto de diretrizes para orientar as políticas industriais do país para os próximos 10 anos. “O objetivo é defender uma política industrial alinhada com a preservação do meio ambiente, promover o desenvolvimento regional e empregos de qualidade. O documento também defende que o fortalecimento da indústria também deve combater a desigualdade social”, disse Cayres.

(Fonte: Assessoria de Imprensa da CNM/CUT)

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia