Notícias
 
Porto Alegre tem a terceira cesta básica mais cara do país em janeiro, aponta Dieese
,
11/02/2019


Valor atingiu R$ 464,72


 A cesta básica de Porto Alegre é a terceira mais cara entre as capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), atingindo R$ 464,72 em janeiro, o que representa, no entanto, uma queda de 4,96% em comparação com dezembro de 2018, que foi de R$ 441,65. Os dados são da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos, divulgada na quarta-feira (6).

A capital gaúcha ficou somente atrás de São Paulo (R$ 467,65) e Rio de Janeiro (R$ 460,46). Apesar disso, o valor do conjunto de alimentos básicos caiu 1,13% nos últimos 12 meses.

Na passagem de dezembro para janeiro, dos 13 produtos que compõem o conjunto de alimentos essenciais previstos, cinco ficaram mais baratos em Porto Alegre: o tomate (-42,17%), a farinha de trigo (-1,33%), o óleo de soja (-0,97%), o arroz (-0,75%) e o leite (-0,70%). Por outro lado, oito itens ficaram mais caros: a carne (3,13%), o feijão (2,95%), a banana (2,73%), o açúcar (1,72%), a batata (1,63%), a manteiga (0,91%), o café (0,78%) e o pão (0,22%).

Em relação aos últimos 12 meses, três itens tiveram queda no preço: o tomate (-21,31%), a banana (-9,62%) e o café (-6,38%). Enquanto dez produtos sofreram elevação no preço: a farinha de trigo (17,35%), a batata (9,12%), o pão (7,54%), a manteiga (5,98%), o leite (4,43%), o arroz (1,92%), a carne (1,77%), o óleo de soja (1,75%), o feijão (1,01%) e o açúcar (0,42%).

Salário mínimo necessário deveria ser R$ 3.928,73

De acordo com o estudo, em janeiro, o valor da cesta básica representou 48,10% do salário mínimo líquido, contra 52,95% em dezembro de 2018 e 50,89% em janeiro de 2018.

Com isso, o Dieese estima que o salário mínimo necessário para a manutenção de uma família de quatro pessoas deveria ser de R$ 3.928,73, ou 3,94 vezes o mínimo já reajustado de R$ 998,00 – o valor se baseia na cesta básica de São Paulo, a mais cara em janeiro.

Clique aqui para acessar o estudo do Dieese.

 

 

Fonte: CUT-RS com Dieese e Jornal do Comércio

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde/Clínico Geral - Ramal 9024
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia