Notícias
 
Novembro azul: A cada 36 minutos, um homem morre no Brasil vítima do câncer de próstata
Campanha alerta para importância do exame de toque
06/11/2018




 A cada 36 minutos, um homem morre no Brasil vítima de câncer de próstata. A campanha Novembro Azul visa alertar a população masculina acerca deste problema, pois o câncer de próstata já é o mais incidente entre os homens brasileiros. Segundo dados do Ministério da Saúde, mais de 14 mil homens morreram em decorrência da doença no Brasil em 2015, sendo assim, o segundo câncer que mais mata homens, perdendo apenas para o câncer de pulmão. A campanha Novembro Azul é realizada pela ONG Instituto Lado a Lado pela Vida, em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBD).


O Instituto Nacional de Câncer (INCA) alerta que a única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico). Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. O tipo de tratamento vai depender do estágio da doença em cada paciente.


De acordo com dados do Inca, estima-se que só no ano de 2018 serão 68 mil novos casos deste tipo de câncer. Segundo o coordenador da campanha contra o câncer de próstata no Novembro Azul, Geraldo Faria, o principal motivo para as altas taxas é o preconceito dos homens em fazer o exame de toque retal, fundamental para descobrir a doença.


O que é o câncer de prótata?
É a multiplicação desordenada de células da próstata. No Brasil é o segundo tipo de câncer mais frequente nos homens.
Fatores de risco:
- Histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;
- Raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;
- Obesidade.N
Sintomas:
Em estágio inicial, quando as chances de cura beiram 90%, não há sintomas. A ausência de sintomas não garante que não há problemas. Por isso, converse com seu urologista e cuide da sua saúde!
Em fase avançada:
- dor óssea;
- dores ao urinar;
- vontade de urinar com frequência;
- presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

STIMEPA com informações INCRA e TRIBUNA PR

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde/Clínico Geral - Ramal 9024
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia