Notícias
 
Sindicato realiza assembleia com trabalhadores (as) em frente à KLL
Na manhã desta sexta-feira, 15, os diretores realizaram uma assembleia na empresa, em Alvorada, para dialogar sobre a Campanha Salarial deste ano
15/06/2018




 Os diretores do Sindicato dos Metalúrgicos de Porto Alegre fecharam mais uma semana de luta pelos trabalhadores/as. Na manhã desta sexta-feira, 15, realizaram uma assembleia na KLL, em Alvorada, para dialogar sobre a Campanha Salarial deste ano.


O presidente do nosso sindicato, Lírio Segalla, relatou aos trabalhadores/as o balanço apresentado na plenária da Federação dos Metalúrgicos do Rio Grande do Sul. Foram quatro reuniões até o momento e a conversa ainda é muito conceitual, segundo o presidente, a patronal precisou entender qual o papel do sindicato nesse novo momento pós Reforma Trabalhista. “Para fazer da nossa CCT (Convenção Coletiva) um balizador das relações de trabalho”, comentou. Segalla destacou que apesar da reivindicação da pauta econômica da campanha salarial deste ano ser um reajuste salarial de 2,5% em cima do INPC que é 1,69%, sabemos que esse valor ainda é baixo. “A inflação não condiz com a nossa realidade, o custo de vida do trabalhador é muito mais alto”, discursou.
Além disso, Segalla destacou a discussão sobre as homologações serem no sindicato condicionado à quitação anual. Essa negociação avançará mais nas próximas rodadas, ainda sem data marcada.


O diretor Odair Oliveira tratou de questões da fábrica e falou da importância da unidade entre os trabalhadores. 


O que patrões não querem discutir?


Vale Alimentação: No valor de R$ 250,00 mensal, é uma forma de compensar a disparidade entre inflação e o custo real de vida;
Rotatividade: O Sindicato reivindica que o trabalhador contratado para exercer a função de outrem demitido deverá receber o mesmo salário do empregado afastado;
Terceirização: Na execução dos serviços da atividade principal, as empresas não poderão utilizar mão de obra terceirizada;
Acordos Coletivos: Devem prevalecer sobre a CCT somente as clásulas mais favoráveis ao trabalhador;
Férias: Deverão ser concedidos 30 dias corridos, conforme os critérios previstos no art. 130 da CLT;
Homologação: Garantia de que as homologações contratuais serão mantidas no Sindicato dos Trabalhadores; 
Gestantes: Impossibilidade da trabalhadora gestante exercer atividades em ambiente insalubre;
Direito do empregado estudante: Garantia de turno e horário de trabalho que não prejudique a frequência às aulas;
Estágio: Direito de estagiar na mesma empresa em que trabalha;

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde/Clínico Geral - Ramal 9024
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia