Notícias
 
Com a inflação baixa, por que o custo de vida não diminui?
Argumento era que com a variação menor de preços, o consumo aumentaria, mas não é o que vemos
18/05/2018




 O governo e os patrões vêm comemorando que as reformas implantadas resultaram na queda da inflação. O argumento é que com a variação menor de preços, o consumo aumentaria. No entanto, VOCÊ PERCEBEU UM AUMENTO NO PODER DE COMPRA? A resposta é a mesma nos lares de todos trabalhadores brasileiros: NÃO! Além disso, a RENDA MÉDIA FAMILIAR diminuiu com o aumento do desemprego, a precarização do trabalho e a rotatividade com rebaixamento salarial. Com a flexibilização do mercado de trabalho permitida pela reforma trabalhista, aumentou o número de empregos informais (sem carteira assinada) e contratos por prazo determinado e intermitente.

Aumenta o número de pessoas abaixo da linha da pobreza e o lucro das empresas

Uma pesquisa realizada pelo Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets) apontou que cerca de 40 milhões de pessoas deixaram a linha de pobreza de 2004 a 2014. Porém, em 2015 e 2016, um período de apenas dois anos, mais de 9 milhões de
brasileiros já retornaram à linha de pobreza em decorrência da deterioração do emprego e da renda. Desses, 5,4 milhões tornaram-se extremamente pobres (ou miseráveis). Na outra ponta, conforme reportagem do jornal Brasil de Fato, o lucro líquido de 294 empresas brasileiras atingiu R$ 103,3 bilhões em 2016 – um crescimento de 11,87% em relação ao ano anterior. Em contrapartida, o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro acumulou 7,2% de queda em 2015 e 2016. A explicação para o aumento do lucro dos empresários em tempos de crise econômica se deve a dois pontos: alta taxa de juros e redução dos custos da produção (demissões, rotatividade, achatamento da massa salarial, etc).

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde/Clínico Geral - Ramal 9024
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Lazer
Serviços
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia