Notícias
 
CUT: entrega do pré-sal para grupos internacionais é mais um crime do governo Temer contra o Brasil
.
30/10/2017


No despacho inicial, juiz afirmara que há risco de prejuízo ao patrimônio público pelo lance inicial, considerado baixo


 A AGU (Advocacia Geral da União) e o governo golpista Temer conseguiram derrubar, nesta sexta-feira (27), a liminar do juiz federal de Manaus, Ricardo Sales, que havia suspenso o leilão de dois lotes do pré-sal, na noite desta quinta-feira (27). No despacho inicial, o juiz afirmara que há risco de prejuízo ao patrimônio público pelo lance inicial, considerado baixo.

Para José Maria, presidente nacional da FUP (Federação Única dos Petroleiros), a liminar derrubada pelo governo demonstrou que nem todo o Judiciário está omisso ao futuro do país, mas lamentou a entrega “completa” do patrimônio nacional.

“Conseguimos furar o bloqueio que a imprensa vem fazendo sobre esse leilão, porém é triste ver o Brasil doando o petróleo a um centavo a grandes empresas internacionais. Nossa soberania está indo para o ralo”, falou.

“A entrega do Pré-Sal, patrimônio do povo brasileiro, para grupos internacionais a um centavo o litro, é mais um crime do governo ilegítimo de Temer contra o Brasil e contra os brasileiros”, afirmou o presidente nacional da CUT, Vagner Freitas, que lamentou profundamente a derrubada da liminar do juiz do Amazonas.

O valor pretendido com a venda pelo governo, de R$ 7,75 bilhões, representa pouco mais da metade do bônus de licitação do campo de Libra (entregue na primeira rodada de licitações), denuncia a FUP. O valor de Libra foi de R$ 15 bilhões e não há, segundo o juiz que pedia a suspensão do leilão, “justificativa plausível para que os valores sejam tão baixos e tão lesivos ao patrimônio público”.

“É um acinte e isso só acontece porque estamos vivendo um período tenebroso de desrespeito ao Estado de direito. Ao invés de ser investigado e punido por seus crimes de corrupção, o ilegítimo continua livre para vender as nossas riquezas naturais a preço de banana, prejudicando a classe trabalhadora e os mais pobres, que seriam os mais beneficiados com melhorias na saúde e na educação com milhões de reais dos royalties”, completou Vagner.

O petroleiro e secretário nacional de Comunicação da CUT, Roni Barbosa, também criticou a cobertura que a imprensa faz sobre o leilão. Segundo ele, a entrega do pré- sal é um crime que a sociedade jamais perdoará.

“É lastimável que um tema tão importante para o povo seja tratado de forma distorcida, com informações apenas sobre o bônus que as multinacionais pagarão. Por que não fazem matérias dizendo quanto a sociedade brasileira vai perder em renúncia fiscal? Estamos falando em perdas de mais de 1 trilhão de reais”, denunciou Roni.

Participariam do leilão 15 empresas estrangeiras do petróleo, entre elas, três gigantes estadunidenses: Chevron, Exxon Mobil e British Petroleum que, juntas, faturaram cerca de R$ 5,4 bilhões no segundo trimestre deste ano.

 

Fonte: CUT Nacional

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde/Clínico Geral - Ramal 9024
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Lazer
Serviços
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia