Notícias
 
Ato-show “Porto Alegre por Diretas Já” reúne mais de 30 mil pessoas na Redenção
.
12/06/2017


A manifestação iniciou às 11 horas, quando o sol aquecia a cidade depois da madrugada de frio intenso, e só terminou no


 Mais de 30 mil pessoas participaram ao longo deste domingo (10) do ato-show “Porto Alegre por Diretas Já”, em frente ao Espelho d’Água, no Parque da Redenção, em defesa do afastamento do presidente golpista Michel Temer (PMDB), da realização de eleições diretas e contra as reformas da Previdência e Trabalhista. A manifestação iniciou às 11 horas, quando o sol aquecia a cidade depois da madrugada de frio intenso, e só terminou no início da noite, após as 19 horas.

O evento foi transmitido ao vivo, através do Facebook, pela Frente Popular Brasil do RS e compartilhado pela CUT-RS e dezenas de páginas nas redes sociais, tendo sido acessado por mais de 1,2 milhão de pessoas. Houve apresentações de vários artistas gaúchos de diferentes gêneros musicais e manifestações de parlamentares do PT, PDT, PCdoB e PSol, além de um representante do PSB, bem como das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

A exemplo dos atos que aconteceram no Rio de Janeiro, no dia 28 de maio, e em São Paulo no último domingo (3), o ato na capital gaúcha reuniu artistas que defendem as eleições diretas como saída para a crise brasileira. Entre tantos outros que brilharam no palco, destacaram-se Ernesto Fagundes, Hique Gomez, Negras em Canto, Bebeto Alves, Nani Medeiros, Roda Viva, Raul Elwanger, Duca Leindecker, Duda Calvin e Thiago Ramil. O diretor de teatro Julio Conte também se expressou a favor da diretas já.

A iniciativa foi de profissionais da cultura, que contou com o apoio da CUT-RS e centrais sindicais, das frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, de movimentos sociais, partidos de esquerda e organizações da sociedade civil.

A secretária de finanças da CUT-RS e representante da Frente Brasil Popular, Vitalina Gonçalves, a Vita, disse que o Brasil sofreu um golpe e agora “precisamos ocupar as ruas para barrar as reformas”. Ela chamou os trabalhadores e as trabalhadoras para que participem da greve geral de 30 de junho, que as centrais sindicais estão organizando em todo o país. “Vamos parar outra vez porque é o povo nas ruas que vai barrar o golpe”, frisou Vita.

O ato foi apresentado com muita alegria e animação por Glória Cristal e Lili Fernandes, que não se cansaram de repetir “Fora Temer” e “Diretas Já”, além de outras palavras de ordem. Foi um grande ato em favor da democracia.

 

Fonte: CUT-RS com Sul21
 

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde/Clínico Geral - Ramal 9024
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Lazer
Serviços
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia