Notícias
 
Acorda, peão! Estão metendo a mão nos seus direitos e você tem que reagir
Saiba o que o governo golpista e a maioria dos deputados e senadores estão tramando contra você
01/09/2016




 Você não ouve no rádio, não vê na TV ou nos jornais, mas o governo golpista de Michel Temer e a maioria dos deputados e senadores que o apoiam estão tramando, com a ajuda da mídia, o maior golpe nos direitos dos trabalhadores de toda a história. Depois não vai dizer que a gente não o avisou!

Saiba o que o governo golpista e a maioria dos deputados e senadores estão tramando contra você

Terceirização sem limites
PLC 30/2015

Esse projeto já passou na Câmara e está no Senado. O governo golpista de Temer já se comprometeu com os patrões para agilizar a votação. Se aprovado, vai permitir que uma empresa terceirize todos os seus serviços, sem exceção. As empresas metalúrgicas, por exemplo, vão poder terceirizar todas as funções de produção hoje consideradas como atividade-fim. As escolas vão poder terceirizar os professores, os hospitais terceirizar os serviços médicos e por aí vai. E todos sabemos que os terceirizados recebem menos, trabalham mais e quase não têm direitos e benefícios. Vai ser o inferno para os trabalhadores/as e o paraíso para os patrões. A terceirização escraviza, mutila e mata!

Trabalho de crianças
PEC 18/2011

Este projeto traz retrocesso à Constituição de 1988. Reduz a idade de trabalho dos jovens para 14 anos de idade. Hoje, a idade mínima é 16 anos. Vejam só o que os golpistas querem: que o povo trabalhador se aposente apenas quanto tiver 70 anos, mas que comece a trabalhar com 14 anos! Eles querem cada vez mais gente no mercado de trabalho para explorar ainda mais a classe trabalhadora.

Ataque a salários e empregos
PLP 257/2016

Trata do refinanciamento das dívidas dos Estados e Municípios com a União e prevê, entre outras coisas, a redução em até 30% dos gastos com servidores públicos, a implementação de programas de desligamento voluntário e licença incentivada de servidores e empregados que representem redução de despesa e a não concessão de aumento de remuneração dos servidores a qualquer título. O projeto também prevê a suspensão da política de aumento real do Salário Mínimo, que melhorou muito a vida de toda a classe trabalhadora e dos aposentados.

Retirada de direitos consagrados
PLP 51/2007 / PLS 550/2015

Prevê a extinção da contribuição social ao FGTS (multa de 10%) pago pelo empregador no caso de demissão sem justa causa. É menos recursos para investimentos sociais, como a moradia, por exemplo.

Mais sucateamento da educação e da saúde pública
PEC 241/2016

Altera a Constituição para congelar os gastos públicos durante 20 anos, corrigindo apenas pela inflação, sem novos investimentos. Com isso os serviços públicos (educação e saúde, por exemplo) ficarão muito piores e o dinheiro economizado será usado para pagamento da dívida pública. Ou seja, vão tirar do povo para entregar aos bancos. Querem que você pague o pato! Se a proposta valesse desde 2006, por exemplo, o país teria deixado de investir mais de R$ 500 bilhões em Saúde e Educação.

Sem direitos
PL 948/2011 e PL 7549/2014


Impede o empregado demitido de reclamar seus direitos na Justiça do Trabalho. O projeto diz que a homologação da rescisão será “causa impeditiva para o ajuizamento de reclamação trabalhista”.

Flexibilização de direitos trabalhistas - PL 450/2015

Cria o Simples Trabalhista com o objetivo de flexibilizar os direitos trabalhistas dos empregados de pequenas e microempresas, reduzir os encargos e custos da contratação, mediante acordo ou convenção coletiva específica ou, ainda, por negociação direta entre empregado e empregador, que terão prevalência sobre qualquer norma legal. Será um grande retrocesso nas relações de trabalho porque flexibiliza e cria condições para precarizar os direitos da classe trabalhadora, especialmente em momentos de retração da economia.

Representação, fora!
PL 8294/2014

Livre estimulação das relações trabalhistas entre trabalhador e empregador, sem a participação do sindicato, ou seja, você negociando seus direitos diretamente com o patrão, sem o sindicato. Sabe quem vai perder? Claro que é você!

E tem muito mais. No total são 55 projetos de lei que ferram o trabalhador e tiram direitos históricos, conquistados com muita luta. Esses projetos rasgam a CLT. Isso é um golpe contra os trabalhadores!

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde/Clínico Geral - Ramal 9024
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia