Notícias
 
Sancionada a Lei do PPE - Programa de Proteção ao Emprego
Presidenta Dilma destaca que resultados dos quatro primeiros meses do Programa, desde a edição da MP 680/2015, confirmam sua importância em momento de transição econômica
20/11/2015


A Presidenta Dilma Rousseff sancionou nesta quinta-feira (19) a Lei que instituiu, em definitivo, o Programa de Proteção ao Emprego – PPE no país. Na cerimônia de assinatura, Dilma agradeceu a agilidade do Congresso Nacional na tramitação da Medida Provisória nº 680/2015, editada em 6 de julho com o objetivo de criar o Programa, e destacou os resultados alcançados nos quatro primeiros meses de funcionamento.

“Quando submeti ao Congresso Nacional a proposta de criação do PPE, eu disse que fazia por meio de Medida Provisória por saber a importância de agir com celeridade para proteger o emprego e a renda dos trabalhadores”, relatou a Presidenta ao reconhecer que esse sentido de urgência também prevaleceu durante a rápida tramitação na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

A presidenta afirmou ainda que os resultados alcançados nesses quatro meses de vigência demonstram o acerto da decisão em lançar o Programa por meio de uma Medida Provisória. “Hoje, já temos aprovadas 33 adesões ao PPE, beneficiando mais de 30 mil trabalhadores, cujo emprego foi preservado graças ao Programa”, destacou.

“Agora, a sanção da Lei afasta qualquer preocupação com a segurança jurídica do processo. E, portanto, vai permitir que mais empresas tenham acesso ao Programa”, completou Dilma Rousseff.
Ampliação das adesões – Na coletiva de imprensa realizada logo após a cerimônia, o ministro do Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, afirmou que há uma confiança crescente na operação e nos benefícios do PPE. “Esse programa demonstra uma ideia forte de um projeto inovador, criativo, construído a partir de um amplo diálogo entre trabalhadores, empresários e o Governo, e que tem se demonstrado também como um projeto ‘ganha-ganha’. Os trabalhadores mantêm seus empregos; as empresas reduzem seus custos e ao mesmo tempo conservam sua capacidade produtiva; e o governo preserva a arrecadação fiscal”, destacou.

Rossetto enfatizou ainda que o sucesso do PPE se deve também à agilidade com que as solicitações de adesão estão sendo tramitadas no Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS). “Estamos levando, em média, 10 dias para se posicionar sobre os processos. Além disso, o exemplo bem sucedido das empresas que aderiram ao PPE está estimulando outras empresas a participarem”, relatou o ministro ao explicar que a simplicidade para participar do Programa também é um fator favorável para as empresas e os trabalhadores.

Durante a coletiva, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques, acrescentou que, além de rápido, o MTPS tem sido rigoroso na concessão dos Termos de Adesão ao PPE. “Em momentos de crise, contar com um programa como esse é muito importante para os trabalhadores”, disse.

Já o presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, ressaltou que o PPE é um instrumento a ser aplicado pelas empresas que acreditam que o país tem condições de retomar o crescimento com brevidade. “Precisamos manter a mão de obra qualificada porque, na hora que houver a retomada do crescimento, estaremos preparados”, afirmou.
O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Nelson Barbosa, e o Secretário Especial do Trabalho, José Lopes Feijóo, também participaram da cerimônia de sanção da Lei do PPE. Estiveram presentes ainda o deputado federal Daniel Vilela (relator na Câmara dos Deputados do projeto de Lei de Conversão da MP 680/2015) e os presidentes da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, e da Nova Central Sindical, José Calixto, entre outras lideranças sindicais.

 

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia