Notícias
 
Relatório da Comissão da Verdade da CUT será lançado no 12º CONCUT
O projeto resgata a memória histórica de trabalhadores nos anos de chumbo
09/10/2015


A Central Única dos Trabalhadores (CUT), através da sua Comissão Nacional Pela Memória, Verdade e Justiça, lançará durante o seu 12º Congresso, na próxima quarta-feira(14), às 18h, no Palácio de Convenções do Anhembi, na zona norte da capital paulista, o relatório da Comissão Nacional da Memória, Verdade e Justiça da CUT.

O projeto resgata a memória histórica de trabalhadores, militantes e sindicalistas e de suas organizações e sindicatos que sofreram durante a ditadura com mortes, torturas, intervenções e dilapidação de patrimônio.

O relatório traz uma análise em quatro partes. A primeira aborda as violações dos direitos humanos durante o período da ditadura militar, além de trazer casos de trabalhadores (as) que foram mortos em manifestações e não foram incluidos no relatório da Camissão Nacional da Verdade.

A segunda apresenta atividades que foram realizadas pelos sindicatos cutistas, CUTs estaduais e comissão da verdade desde 2012. Na terceira, traz as recomendações feitas pelos mesmos e pelas demais centrais que participaram do Grupo de Trabalho (GT) dos trabalhadores da Comissão Nacional da Verdade. Na última, aborda artigos de especialistas sobre as consequências da ditadura para a sociedade e uma entrevista com o ex-secretário de Direitos Humanos da Presidência, Paulo Vannuchi.

O secretário nacional de Políticas Sociais da CUT, e Coordenador Nacional da Comissão Pela Memória, Verdade e Justiça da CUT, Expedito Solaney, considera que esses crimes cometidos durante a ditadura são de lesa humanidade ferindo todos os tratados e legislações em direitos humanos.

“Vamos levar para o CONCUT esse debate, fazer campanha e manifestação pela punição desses militares e generais que foram responsáveis por isso”, destaca Solaney.

O dirigente também falou das expectativas para o Congresso da CUT, que começa nesta terça-feira (13), e rechaçou o golpe que está em marcha contra a presidenta Dilma. “O Congresso vem numa conjuntura difícil para os trabalhadores com essa política econômica do governo. Vamos lutar pela consolidação da democracia e dizer não ao golpe”, conclui.

 

 

Fonte: Walber Pinto - CUT

 
Veja também
 
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
Stimepa - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. Francisco Trein, 116 - Cristo Redentor - CEP 91350-200
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS
 
Omega Tecnologia