Notícias
 
Confederação Nacional dos Metalúrgicos apresenta alternativas ao desemprego entre metalúrgicos
Segundo entidade que representa metalúrgicos ligados à CUT, de abril de 2014 ao mesmo período deste ano, empresas demitiram 14.500 trabalhadores
19/05/2015


Em entrevista à Rádio Brasil Atual na manhã de hoje (19), o presidente da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM-CUT), Paulo Cayres, relata que as montadoras do país mantêm atualmente cerca de 17 mil trabalhadores em regime de lay- off – suspensão dos contratos de trabalho – e que o maior esforço da entidade é estabelecer"negociações para garantir o nível de emprego."

O dirigente explica que entidade tem obtido bons acordos com as montadoras, como na Ford, na Scania e na Volkswagen. Conta também que a Volvo entrou no sistema de lay-off e a Fiat colocou dois mil funcionários em férias coletivas.

Nesta semana, foi anunciado o afastamento de 900 funcionários da General Motors, porém ficarão por cinco meses, e terão a garantia de estabilidade por mais 180 dias. "Foi uma decisão específica. Porque na lógica dolay-off não existe essa garantia, mas os sindicatos buscam fazer esses acordos, para que o trabalhador não seja prejudicado se a crise continuar."

Cayres afirma que a CNM apresentou uma saída para minimizar os efeitos da crise sobre o trabalhador. "Criamos uma proposta do Programa de Proteção ao Emprego (PPE) que já encaminhamos às centrais sindicais, e enviamos para Brasília, para que a Dilma acelere o processo. O PPE permite que o trabalhador continue trabalhando, diferentemente do lay-off, preservando o emprego, e a redução que ele tem no salário é compensada no FGTS. A questão central é que o empregado mantenha-se vinculado à empresa, tendo o Fundo de Garantia e o INSS recolhidos."

"Discutimos um plano de renovação da frota de caminhões do país, que é a área mais atingida. Debatemos também a ampliação das linhas de crédito para a compra de veículos, com maior participação dos trabalhadores no debate da política industrial. Além de apresentarmos neste contexto de demissões, a implantação de um conselho de política industrial, um programa de revitalização de áreas industriais, um programa de estímulo à produção de carros elétricos, pensando na parte sustentável, e uma câmara de negociação e mediação à guerra fiscal. Temos avançado nas conversas com o governo federal. Entretanto, infelizmente o governo de São Paulo não nos responde."

Segundo Cayres, os empresários não contribuem para acabar com os cortes nos custos. "A CNM foi debater no Senado Federal a gigantesca margem de lucro das montadoras no país, que deve ser reduzida."

A confederação conduzirá debates nos próximos dias 26, 27 e 28, para definir os eixos de atuação e intensificar o repúdio ao projeto da terceirização. "Daremos continuação na nossa busca da construção de um contrato coletivo nacional que prevê a estabilidade dos trabalhadores, já que no Brasil existe a rotatividade, que perde qualidade na mão de obra. Nós queremos discutir um piso nacional, e impedir que haja a fuga de empresas para outra região."

Ouça a entrevista concedida para a Rádio Brasil Atual em https://soundcloud.com/redebrasilatual/cnm-e-centrais-continuam-discutindo-com-montadoras-e-governo-propostas-para-evitar-demissoes

 

 

Fonte: Rede Brasil Atual

 
Veja também
 
 
 
Canal WhatsApp
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
STIMEPA - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. do Forte, 77 - Cristo Redentor - CEP 91.360-000;
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS.
 
Omega Tecnologia