Notícias
 
Governo reajusta em 5,56% benefícios pagos pelo INSS
Reajuste pelo INPC corrói a renda dos aposentados
13/01/2014


Portaria do Ministério da Previdência Social e do Ministério da Fazenda publicada hoje (13) no Diário Oficial da União reajusta em 5,56% os benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para aposentados e pensionistas que recebem acima do salário mínimo.

O valor se refere ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), divulgado na última sexta-feira (1) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No ano passado, o reajuste foi 6,2%.

De acordo com a publicação, a partir de 1º de janeiro de 2014 os benefícios pagos pelo INSS não poderão ser inferiores a R$ 724,00 nem superiores a R$ 4.390,00.

O Ministério da Previdência Social informou que os 9,5 milhões de benefícios acima do piso previdenciário representarão impacto líquido de R$ 8,7 bilhões. Já o reajuste do salário mínimo atinge 20,8 milhões de benefícios previdenciários e assistenciais e representa impacto líquido de R$ 9,2 bilhões.

 

Reajuste pelo INPC corrói a renda dos aposentados

O reajuste determinado pelos ministérios da Previdência Social e da Fazenda, com base no INPC, amplia a corrosão da renda dos aposentados. “Esse sistema só prejudica o aposentado. A correção sempre perde para a realidade dos preços e do reajuste do salário-mínimo, que, além da inflação considera o percentual de crescimento do PIB de dois anos antes”, lembrou o diretor de Saúde do Stimepa, Marcelo Jurandir. “Atualmente, cerca de 372 mil aposentados que antes tinham benefício acima do piso, agora estão recebendo apenas um salário-mínimo. Esse descompasso é preocupante. Pessoas que sempre contribuíram com dois ou três salários mínimos, hoje são obrigados a se contentar com apenas um. Isso não é justo", disse.

Segundo Marcelo Jurandir, o Sindicato dos Metalúrgicos, junto com a Federação dos Metalúrgicos, a Confederação Nacional dos Metalúrgicos e a CUT, vão continuar a luta nacional pela valorização do salário dos aposentados.

 
Veja também
 
 
 
Canal WhatsApp
 
Ramais - SEDE STIMEPA
  • Telefone Principal: (51) 3371-9000
  • Saúde do Trabalhador - Ramal 9025
  • Cobrança - Ramal 9023 e 9028
  • Jurídico - Ramal 9029
  • Homologação - Ramal 9046
  • Secretaria Geral - Ramal 9026
  • Administrativo/Financeiro - Ramal 9018
 
Redes Sociais
 
 
Folha Metalúrgica
 
Assista
 
Escute
Escolha o áudio abaixo...

 
Boletim Eletrônico
Receba em seu e-mail o boletim eletrônico e informes do Sindicato

Não quero mais participar
 
Veja Também
 
 
O Sindicato
  Institucional
  História
  Diretoria
  Base do Sindicato
  Subsedes
  Aposentados
  Colônia de Férias
  Lazer
Serviços
  Benefícios para Associado
  Tesouraria
  Jurídico
  Homologação
  Médico
Convenções
  Metalurgia
  Reparação de Veículos
  Máquinas Agrícolas
Galerias
  Fotos
  Vídeos
  Escute
  Notícias
  Opinião do Sindicato
  Folha Metalúrgica
  Publicações
CNM  FTM RS  CUT
 
STIMEPA - Sindicato dos Metalurgicos de Porto Alegre
Av. do Forte, 77 - Cristo Redentor - CEP 91.360-000;
Telefone: (51) 3371.9000 - Porto Alegre - RS.
 
Omega Tecnologia